Swing Copters

Post escrito por: AdrPotter | 18/02/2015 | 00h00min



FILHO DA PUTA... Essa é uma das frases mais normais ao jogar Swing Copters, novo(nem tanto) jogo de Dong Nguyeno, criador de Flappy Bird. Então hoje falarei deste jogo, após um longo período sem postagens no blog. Divirtam-se.

Lançado em agosto de 2014, Swing Copters tem o objetivo de ser difícil. Essa foi a ideia de Dong Nguyen ao criar este game, aparentemente ele queria fazer algo bem difícil para não fazer tanto sucesso quanto Flappy Bird(como se fosse fácil), e conseguiu seu objetivo. O game realmente é muito difícil. Meu recorde atual é apenas 38 pontos enquanto no Flappy Bird fui até 137.


Tá ai o meliante!!!

Tu controla um boneco zoiudo com um capacete que tem uma hélice, e o objetivo é ir passando os níveis e bater o seu recorde. A jogabilidade é bem simples, basta tocar na tela, para mudar de lado, só que dependendo do tempo do toque ele pode correr demais ou de menos, o que pode prejudicar drasticamente a sua evolução no game.

Os obstáculos, são pontes horizontais com aberturas onde o bicho passa, mas não basta passar por entre as aberturas, é preciso ter cuidado para não deixar as marretas acertarem, e basta um toque em qualquer dos obstáculos para ser derrubado e ganhar um game over. Entre os jogos de smartphone, estes bem difíceis, são os que eu mais gosto.

Essas marretas ...
Um ponto negativo, é que o game apresenta em alguns momentos pequenas quedas de FPS que me impediram de progredir, acredito que seja alguma incompatibilidade com meu celular, visto que o Flappy Bird apresenta o mesmo problema. Apesar disso um ótimo desafio, e pode te fazer passar muitos minutos jogando.

Os gráficos, seguem o mesmo estilo do jogo anterior de  Dong Nguyeno, sendo bem bonitos e trabalhados, em um estilo 8 bits que me agradou bastante. Tu tem a opção de escolher entre dois personagens, o que usa o capacete verde e o que usa o capacete prateado, esse ultimo tem uma cara de tédio da puta que pariu.

É um ótimo jogo, bem frustrante no inicio, mas logo após algumas mortes inevitáveis tu aprende a jogar numa boa. O desafio de tentar bater o próprio recorde, é sempre algo que rende bons jogos.

Então é isso, hoje trouxe um post rápido, apenas para deixar minha opinião deste jogo. O blog esta bem devagar, mas em breve voltaremos com posts mais regulares. Esse foi o primeiro post de 2015, então até mais pessoal!

Nenhum comentário :

Postar um comentário