Entre a luz e a escuridão

Post escrito por: kirbymcm | 31/10/2012 | 00h10min





Alan Wake foi lançado para Xbox360, e mais tarde, bem mais tarde para PC. Trazendo elementos de ação com pitadas de survival horror, publicado pela Microsoft Studios (que para mim, oscila muito, no que diz respeito a grandes jogos). Nos colocando na pele do escritor Alan, que é uma espécie de Stephen King, no mundinho do game.





Bem, como disse anteriormente, Alan é um escritor famoso, que esta passando por um período difícil, não conseguindo escreve mais nada. Com isso, Alan acaba ficando estressado. Então sua esposa resolve levar ele para um lugar isolado (hehehehe), para uma cidadezinha, tipo uma Silent Hill (imagina só!!!), para quem sabe assim aliviar “o estresse”. E é ai que tudo vai por agua abaixo. Pois ao chegar lá o que era para ser férias relaxante, acaba se tornando no maior pesadelo de Alan. [Breve, mas não quero estragar o enredo]

Vamos falar de jogabilidade... Tudo em Alan Wake responde muito bem, você vai atirar correr, dirigir, entre outros, sem maiores problemas. Com exceção do pulo, que mais parece ser de um canguru.

O jogo também é dividido por capítulos, como se fosse uma série de TV, fator que inicialmente me agradou muito. Fazendo-me jogar ate terminar um capitulo, e é ai que surge para mim o maior erro desse game. Seus capítulos são grandes [até ai, ok], mas são apenas 5 [se não me engano]. Então é melhor ir com calma.

Outro grande problema e a questão da bateria e da munição. Pois tu vais passar todo o jogo com uma arma e uma lanterna. E você vai precisar iluminar seus inimigos antes de meter bala, e a quantidade de pilhas e balas, são muito pequenas. Fugir também não é uma opção muito frequente no jogo.

Alan Wake explora muito a questão de luz e escuridão. A luz é sua amiga, e tema a escuridão.

Gráficos, bem o que dizer deles? SÃO SIMPLESMENTE PERFEITOS!!! Eu não sei com ficou na versão para os consoles, mas no PC ficou excelente. Os contrastes do jogo estão de parabéns, pois passam bem o clima de tensão.

Uma característica marcante em Alan Wake é com certeza a trilha sonora, cada capitulo começa e termina com uma musica, e no decorrer do game varias musicas vão grudar na sua mente também. Tudo foi muito bem pensado. Dou uma atenção especial a musica The Happy Song da banda Poets of the Fall (essa musica aparece na DLC [Alan Wake´s American Nightmare] do game, mas esta valendo)... “You know i am a psycho, I told you i'm a psycho, psycho, psycho, psycho, psycho, psycho...”. Vale muito a pena, jogar e baixar o álbum.

Alan Wake pode deixar o pessoal do survival horror, meio decepcionado, pois não te dará grandes sustos, mas com certeza compensará com a historia que tem um final, no mínimo, eletrizante.

Se você também não curte games com enredo, nem perca tempo, pois 60% de Alan Wake é sua historia. E se for para jogar AW pela metade, então nem jogue. Pois AW é uma obra prima, que merece ser vista, sobre todos os ângulos, e ser jogado diversas vezes.

Nenhum comentário :

Postar um comentário